Carmenbluse für die stylische Sommer-Fashion

Werbung  mit Fashion!

Heute ist wieder Sommer-Fashion auf meinen Blog zu bewundern!
Die Firma The2Style, ein Textilgroßhandel aus Sindelfingen, habe ich das erste Mal auf dem Event von Bloggerpoint kennengelernt.

Bekannt geworden ist The2Style durch die „Wunderhosen“ Heidrun und Heidi. Die „Schlupfhosen“ haben eine besondere Hosenform und sind durch ein Baukastensystem, Oberteile und Hosen, Ton-in-Ton, miteinander zu kombinieren. Die Monochrome Looks werten jedes Outfit auf!
Ich habe dort nicht nur die Besitzerin von The2Style persönlich kennen lernen dürfen, sondern durfte ich auch in meiner Goodie-Bag als Geschenk eine wunderschöne Longbluse mit nach Haus bringen.
Diese Bluse ist eigentlich bereits seit März bei mir, aber jedes Mal, wenn ich sie fotografieren wollte, kam was dazwischen und da das Muster nach richtig gutem Wetter verlangt, war es in der letzten Zeit nicht so einfach einen Termin mit der Sonne zu vereinbaren.
Endlich war die Sonne da, das Fotoshooting wurde gemacht, aber
ich zeige euch das Ergebnis nur in meinem nächsten Post!
Also…Fortsetzung folgt….Nicht verpassen!

In der Zwischenzeit erreichte mich überraschender Weise eine ganz nette E-Mail von dem The2Style Team, mit dem Angebot ein Teil von den Frühling/Sommer 2017 zu probieren.
Ich war selbstverständlich super happy als ich die weiße Carmenbluse per Post bekommen habe.

Carmenbluse The2Style/ Hose H&M / Leder Espadrilles Another A / Brille Chanel / Uhr Kate Spade / Ring Sobral

Die weiße Bluse ist und bleibt einfach ein Klassiker, die scheinbar immer und zu jedem Anlass oder Typ passt. Die Bluse ist ein echter Alleskönner in der Mode.

Bei weißen Blusenstoffen ist mir immer besonders wichtig, dass sie nicht zu dünn und durchsichtig sind, deswegen war ich mit dieser Carmenbluse besonders glücklich.

Ich kenne keine Frau, die nicht mindestens eine weiße Bluse im Schrank hat.
Für meinen Hauttyp passt die Farbe hervorragend und abhängig von meiner Lust zu kombinieren, ich kann sie sportlich, Business oder chic und elegant anziehen.

Aber, dass Bilder mehr zeigen als 1000 Worte, ich zeige euch, wie ich durch die verschiedene Accessoires, den Look sowohl sportlich wie auch chic kombiniert habe.
Damit der Look heute sportlich wirkt, habe ich zu meiner Bluse eine gestreifte B&W Hose, ein Polka-dot Halstuch und Espadrilles kombiniert!
So ist das Outfit auf jeden Fall alltagstauglich.

Die Bluse passt bestimmt auch gut zu einem Rock, Bluejeans und verschiedenen Hosefarben.
Etwas elegant wirkt der gleiche Look mit Pumps, eleganter Tasche und ein edler Shocker, das werde ich auch demnächst in einem anderen Fashion-Post euch auch zeigen! Ah Mode macht mir einfach Spaß!

Der Bewertung dieser Firma von meinen Blogkollegin Petra, Steffi, Sabine und Perdita schließe ich mich total an und daher zeige ich euch unglaublich gerne heute eine meiner The2Style Oberteilen-Outfits-Versionen.
Übrigends The2Style ist auch auf Facebook und unter www.the2style-and-more.de können wir die Online Shop finden. Viel Spaß beim Stöbern!

Auch möchte ich diese Gelegenheit nutzen und verlinke mich gern bei Sunnys Schmuckkistl, Sunnys Um Kopf und Kragen,  bei Tinaspinkfriday linkup und bei Linkparty bei Sabine Gimm.

Ich wünsche Euch einen schönen und inspirierenden Tag!

Gruß und Kuss

Um abraço de Páscoa

Um abraço de Páscoa para todos!
Espero que vocês tenham tido uma feliz Páscoa, com muito sol, ovos e coelhinhos de chocolate e dias feriados!

Uma refeição de Páscoa com a família é uma tradição, e nós curtimos demais esses dias festivos e  feriados.
Eu acho que todo mundo sabe o verdadeiro significado da Páscoa, a comemoraçāo da ressurreição de Jesus.
Mas, vocês conhecem a tradição culinária da Páscoa?
Eu não sabia exatamente e, por isso, à procura de novas receitas, fiz uma pesquisa e fiquei sabendo de coisas bem interessantes.

Esse post de hoje não traz nenhuma mensagem religiosa, quero apenas mostrar alguns costumes culinários daqui da Alemanha nessa época da Páscoa.
Essa tradição alimentar se inicia na Quinta-feira Santa – ou Quinta-Feira Verde, com o fim de qualquer tipo de jejum feito na época da Quaresma, após a quarta feira de cinzas.
Na Quinta-Feira Verde, segundo a tradição, devemos preparar alimentos com muitas verduras e ervas para adquirir toda a força que necessitamos para a primavera.


Em seguida, na Sexta-Feira Santa, não comemos carne vermelha, somente peixe. No Brasil temos o costume de comer bacalhau, na Alemanha comemos salmão ou truta.

No Sábado de Aleluia, não cozinhamos nada especial, mas preparamos os bolos que serão servidos no Domingo da Páscoa! Tradicionalmente, assamos a rosca trançada, uma pastelaria tradicional ou um bolo em forma de cordeiro – Osterlamm! Nesse dia também ajudamos o „Coelhinho“ a esconder ovos coloridos no jardim (ovos de verdade, não de chocolate) para as crianças „caçá-los“ no domingo de manhã.

À noite, nos reunimos em volta de uma „Fogueira de Páscoa“ organizada pelo corpo de bombeiros das pequenas cidades, para ter certeza de que o fogo vai expulsar o inverno e seus espíritos malignos até o final do ano.

Finalmente chega o Domingo de  Páscoa e junto com muitos ovos coloridos temos o almoço com a família. Aqui, a tradição é comer cordeiro, mas não é um costume radical, cada família faz o que achar melhor.

A decoração da mesa para a refeição com a família, também deve ser bem colorida e alegre, com direito a tulipas e com ovinhos e  coelhinhos de porcelana ou de chocolate.

A Segunda-feira de Páscoa, que aqui na Alemanha também é feriado, em algumas comunidades são organizados passeios pela cidade – Osterspaziergang ou „passeio de Emaús“ – após a Ressurreição, Cristo se encontrou com dois de seus discípulos que seguiam pelo caminho de Jerusalém para Emaús, provando que Ele estava vivo.
No Reno, por exemplo, esse passeio inclui paradas em diversas vinícolas e restaurantes para festejar saboreando um bom vinho.
Hoje estamos na Segunda-Feira de Páscoa, é feriado, o comércio está fechado, as crianças não têm escola e a Malu e eu não precisamos ir para a universidade! 😉

Um dia para relaxar, ler um livro, blogar um pouco, tomar uma xícara de chá ou café e não fazer nada! Maravilha!

Bjo e Tchau

Mostre-me seus sapatos e eu lhe direi quem você é …

Reclame Mostre-me seus sapatos e eu lhe direi quem você é …

É mesmo? Acho que não!
É difícil dizer „quem eu sou“, porque eu me identifico com várias „categorias“ diferentes. Até tênis eu estou usando desde que voltei para a Uni!
Para mim, a escolha de sapatos não deve ser feita pela aparência, mas sim com a prova no pé!.
Se são high heels, loafers, tênis, sandálias, ou botas, o fato de poder andar com eles é que desempenha o papel mais importante. Eu vejo se posso caminhar com eles, depois se são confortáveis e, claro, se é do meu gosto.
Ser feminina e sexy com saltos altos? CLARO, muitas mulheres querem, inclusive eu, mas infelizmente não posso mais andar com um saltos tão altos, por isso me conformo com os que tenho com saltos baixos! E quem disse, que também não podemos ser femininas e sexy com rasteirinhas?

Cada um dos meus sapatos tem uma história diferente e, por vezes, essa história ainda é mais importante do que a razão para usar estes sapatos!

Meu sapato Scarosso tem história!

Ouví falar dessa marca pela primeira vez em Berlim na Semana de Moda!
Fanny também estava lá, e me mostrou o conteúdo de uma linda sacola que ela tinha na mão, com o nome  da firma gravado. Ela tinha recebido em algum lugar? Não, para minha surpresa, ela estava lá representando a firma. Funny vive na Itália, onde se encontra a fábrica dos sapatos Scarosso.
Trocamos os cartões de visita e, de repente, recebo uma enorme e agradável surpresaI Recebí de presente a oportunidade de usar estas botas maravilhosas e de alta qualidade! 🙂
Vocês podem imaginar como fiquei feliz!

Scarosso foi fundada em 2010 por dois alemães Moritz Offeney e Marco Reiter que estudaram na SDA Bocconi em Milão. Moritz e Marco descobriram que os sapatos de couro poderiam ser produzidos na Itália mais barato do que, por exemplo, na Alemanha.
Eles poderiam vender diretamente da fábrica sem  intermediários, oferecendo sapatos de qualidade a preços acessíveis, adotando o sistema „qualidade e preços acessíveis.“ Os sapatos são feitos à mão, ​​100% na fábrica de calçados em Montegranaro, na Itália.

Marcas de calçados, existem como areia nas praias,  mas os sapatos de couro artesanais Scarosso são criações de muita qualidade, feitos do melhor couro, com ampla variedade, dos clássicos e tradicionais, aos modernos e elegantes, não importa se usados no lazer ou no trabalho.
Para a venda, on-line e off-line, com  sites em quatro línguas,  enviam para mais de 76 países em todo o mundo e tem 5 lojas  em Berlim, Hamburgo, Frankfurt, Hannover e Viena.


Além disso, no estúdio Scarosso temos a oportunidade de projetar, com a ajuda do configurador, sapatos do jeito que queremos. Escolhemos a forma, modelo, a cor do couro e todos os outros elementos necessários para criar um exclusivo modelo.

Hoje, não postei nenhum Outfit neste artigo, quero que os sapatos fiquem em destaque! Dentro de tantos modelos lindos, não foi fácil escolher um para mim, mas estou muito feliz com a minha escolha!
E o que ainda posso acrescentar? Os sapatos têm um perfeito acabado, são, realmente, super confortáveis ​​e também muito bonitos e elegantes!
Fiz uma comparação com alguns outros que tenho – se vocês fizerem o mesmo, vocês entenderão por que eu estou apaixonada por estes sapatos!

Obrigada querida Fany e Scarosso pelo belo presente que, com certeza, ainda vou curtir por muitos e muitos anos!

Bjo e Tchau

Home sweet Home. Lar doce Lar.

Home sweet Home. Lar doce Lar. Onde fica exatamente meu lar?

Para mim, como brasileira, desde 1992, aqui na Alemanha, não é exatamente uma pergunta fácil de responder!
Qualquer um que espere que eu responda que é o meu país de nascimento, vou ter que decepcionar!

Minha casa é onde eu estou atualmente, e isso é aqui na Alemanha, em uma pequena cidade da Baixa Saxónia.

Lar para mim não é só o país onde moro, mas também as pessoas que estao perto e significam muito para mim, principalmente, meu marido e meus filhos, e certos sentimentos como o amor, a liberdade e o calor humano.

Lar é o lugar onde eu estou feliz, livre e me sinto confortável, para onde eu sempre posso e desejo retornar.
Minha casa é onde meu coração está, meus amigos, onde eu posso me locomover com segurança, onde eu posso falar, rir e chorar.

Eu não preciso ter só uma casa onde eu me sinto bem. Eu estou feliz em vários lugares onde eu também me sinto em casa, que considero como meu lar e que, certamente, sempre será.

1. No Brasil eu sempre tive a casa dos meus pais como um lar, hoje em dia meu lar brasileiro é a casa da minha querida prima Dina, seu marido e filhos, onde eu fico hospedada quando faço férias lá.

2. Na América eu tenho uma lar maravilhoso, na casa de um dos meus melhores amigos-irmãos, Regina e Joachim.

3. No norte da Alemanha, em algum lugar entre a „Cidade do Carro“- Wolfsburg e a cidade do Rei Leão“ – Braunschweig, me sinto completamente feliz na minha casinha, é o meu maior lar!

Adoro meu jardim e minha lareira!

Minha redinha me lembra meu outro lar!

Vocês gostariam de saber mais um pouco sobre lar, casa, vida & co aqui na Europa? Então deem uma olhadinha no blog da Sunny „Sunny’s side of life“ (só em alemão),  que mora numa terra de sonhos, onde eu não me importaria nem um pouquinho tê-la como lar,  se eu tivesse a oportunidade de morar lá – na linda Bavária!

Bjo e Tchau

Nunca somos velhos demais para aprender!

Nunca somos velhos demais para aprender!
Esta frase tem sido uma das minhas favoritas e levo como lema de vida mesmo depois dos 50 ++!

E foi assim que tudo começou…no jardim de infância, com uniforme e lancheira.

Inicei minha vida de estudante de universidade com o curso de matemática, depois passei para Direito, trabalhei na Procuradoria Geral do Estado do Ceará e como advogada no Estado de São Paulo.  Além disso, fiz muitos cursos profissionalizantes aqui na Alemanha e tive muitos hobbies.

Na Alemanha, como o curso de Direito não pode ser reconhecido – outros países, outras leis – comecei, então, a dar aulas, abrí uma escola de línguas – Fortaleza Escola e, até hoje, sou professora de português da Volkswagen Coaching, ligada à fabrica de carros Volkswagen.

Muitos me falam que já poderia ser o suficiente para estar me preparando para a aposentadoria!
Errado!
Agora estou matriculada como aluna-ouvinte do curso de Psicologia da Universidade – TU Braunschweig e, juntamente com a minha amiga Malu, estou frequentando o 1.Semestre.
Para este semestre, nós escolhemos Psicologia Geral, Psicologia da Personalidade – muito interessante – e Psicologia Social.

É claro que ir para a Uni toma muito do meu tempo livre e que, às vezes, eu gostaria muito que o dia tivesse 48 horas, mas é divertido! Eu estou aprendendo o que eu sempre quis aprender e que, mais ou menos, até intuitivamente, tive que usar como advogada e na própria vida.

Não quero fazer carreira, minhas ambições profissionais já estão satisfeitas, é apenas sede de aprender algo novo, alargar os horizontes e continuar a ocupar as células do meu cérebro e é uma excelente forma de ocupar e estimular a mente!
Não vou ganhar nenhum certificado especial, mas eu também não o necessito mais!

É difícil aprender depois dos 50?

Não, de maneira nenhuma! Pelo contrário, sem a pressão profissional e sem ter que escrever trabalhos e fazer testes, a aprendizagem se torna muito fácil.

O contato com os alunos mais jovens é bem agradável e até agora não tivemos qualquer problema de aceitação!

Além disso, estudar com mais de 50 anos, há muito tempo já não é uma raridade, pelo menos mais 6 alunos mais velhos frequentam as aulas como ouvintes.
Somente comer no restaurante comunitário é que não dá!  Malu e eu encontramos uma pequena e acolhedora cafeteria, onde podemos bater papo, comer uma deliciosa salada ou sopa bem quentinha, do jeito que gostamos neste inverno.

E como é o Uni-Outfit? Certamente nada muito chique!

Os looks da Uni são bem casuais, confortáveis e esportivos! Os tênis das fotos são uma prova de que nunca devemos dizer „nunca farei“ – eu nunca fui de usar tênis nas minhas saidas diárias! Agora ele é um „must have“ na faculdade, vejam só! 😉

Então, o que vocês acharam do meu novo „hobby“? Não precisam ter medo de que eu comece aqui a  analisar vocês, fiquem a vontade para responder o que quiserem!

Bjo e Tchau